/
/
Attenborough domina Documentários Tecnológicos e Ambientais na EPATV

Attenborough domina Documentários Tecnológicos e Ambientais na EPATV

A exibição do documentário “The Life on our Planet”, protagonizado por David Attenborough, dominou a segunda etapa das Jornadas da área de Eletricidade e Energia, realizada no dia 24 de novembro, no auditório da Escola Profissional Amar Terra Verde (EPATV).

Ao longo de uma hora e trinta minutos, os alunos dos Cursos Técnico de Electrónica, Automação e Computadores (3.º ano), de Frio e Climatização (3.º ano), Refrigeração e Climatização (1.º ano) e Mecatrónica (2.º ano) absorveram, através de um silêncio eloquente, os ensinamentos do Mestre maior da salvaguarda da Vida Selvagem e Humana no Planeta Terra.

Os alunos da EPATV conheceram melhor a maravilha do lugar extraordinário que chamamos de Planeta Terra. Utilizando a tecnologia mais recente, o documentário foi filmado inteiramente em Ultra Alta Definição em mais de 50 países. De selvas exóticas aos mares mais profundos, abriu os olhos para as ligações que todos nós partilhamos, narrados na voz de Sir David Attenborough.

O narrador fala do seu imenso trabalho, desde 1954, a alertar o mundo para a necessidade de preservar e salvar a Terra, possibilitando aos alunos vivenciar o mundo selvagem em primeira mão e que está a desaparecer por exclusiva responsabilidade do ser humano. Lembra, ainda, as cinco extinções em massa ao longo de quatro mil milhões de anos, para se centrar no nosso tempo — Holoceno, há dez mil anos até hoje — com menos 75% de espécies de seres vivos.
Trata-se de um período caracterizado pelo domínio dos animais selvagens até ao momento em que o Homem inventou a Agricultura, começou a eliminar os seus predadores e começar a “consumir a terra até a esgotar”.
Entretanto, nestas últimas décadas, as espécies animais ficaram sem habitat e “continuamos a cortar três biliões de árvores por ano. Estamos na última etapa e o colapso espera-nos se não pararmos” porque os oceanos começaram a morrer, os recifes brancos atestam o aquecimento do planeta e a Terra está a perder o seu equilíbrio e a caminhar para o desastre com a perda de gelo”.

Nas últimas décadas, “pouco resta para manter o mundo vivo, com a perda de metade dos animais selvagens, a alteração do ciclo da água e o aumento do gás metano, os solos estragados para a produção de alimentos, o tempo imprevisível e o aquecimento da terra em mais quatro graus Celsius”.
“Nenhum de nós pode permitir que isto aconteça” — foi o alerta que ecoou no auditório da EPATV, com Attenborough, segundo o qual “estamos a tempo de nos redimir”. Isso passa pela aposta nas energias renováveis, em cidades limpas, num oceano saudável, reduzindo a área agrícola, diminuindo o consumo de carne, aumentando o consumo de vegetais e a área florestal que é a melhor tecnologia para bloquear o carbono”.
“As florestas absorvem dois terços do Dióxido de Carbono que a atividade humana produz e se cuidarmos da Natureza, ela cuidará de nós” — assegura David Attenborough, dando o exemplo do desastre de Chernobyl onde a natureza recuperou o seu espaço.

Últimas Atualizações