/
/
EPATV sensibiliza para o lixo marinho

EPATV sensibiliza para o lixo marinho

EPATV sensibiliza para o lixo marinho

Sara Sá, investigadora do Departamento de Biologia da Universidade de Aveiro, esteve presente na tarde de 17 de março, no auditório da Escola Profissional Amar Terra Verde, para sensibilizar a comunidade escolar sobre o Lixo Marinho, tese de mestrado “Plataforma OX17/LIXO Marinho”.

A investigadora fez parte do primeiro estudo sobre lixo marinho flutuante em Portugal, e partilhou com os alunos o top 5 dos resíduos encontrados no nosso oceano, sendo o maior o plástico, seguindo da esferovite, restos de materiais de pesca, papel, cartão e pedaços de madeira. Estes materiais são bastante resistentes e por isso persistem durante longos anos a flutuar nos oceanos.

Este fenómeno tem vários impactos no meio marinho, tais como emaranhamento em redes e linhas de pesca, dos peixes, aves e tartaruga, causando a morte destes animais.

Foram ainda dadas alternativas ao uso do plástico, de forma a minimizarmos, com pequenas acções, este problema.

No final da ação, realizou-se um quiz… Sabia que um saco de plástico demora entre 20 a 1000 anos a degradar-se?

A Escola Profissional Amar Terra Verde, trabalha em mais um objetivo de desenvolvimento sustentável – Proteger a Vida Marinha.

IMG_6208

IMG_6208

IMG_6208

IMG_6208

Últimas Atualizações