/
/
Mensagem do Director

Mensagem do Director

 

Ao assumir os destinos da escola profissional Amar Terra Verde, na qualidade de Director Geral, quero-vos dar as boas vindas.

Espero e tudo vou fazer para estar à altura da confiança que depositaram em mim, neste grande desafio de continuar o trabalho até aqui realizado em prol dos jovens dos concelhos de Vila Verde, Amares e Terras de Bouro, cujas Câmaras Municipais em boa hora decidiram associar-se na constituição desta escola profissional, e enaltecer o trabalho realizado pelo conselho de gerência na pessoa do seu Presidente Dr. Rui Silva, que tem manifestado todo o seu apoio e empenho na procura das melhores soluções para o crescimento e estabilidade da escola, na expectativa de garantir igualdade de oportunidades a todos, a fixação dos jovens nestes concelhos e na melhoria das condições de vida para eles e suas famílias, através das diferentes ofertas formativas que a escola superiormente tem oferecido aos jovens.

Neste contexto não posso deixar de anunciar que no ano lectivo que agora se inicia, o fim do pagamento de propinas, medida de grande alcance social, beneficiando claramente, os alunos mais desfavorecidos; e uma nova política de transportes, não permitindo que os mesmos paguem as suas deslocações. Assim posso anunciar-vos que a partir de hoje não custa dinheiro estudar na EPATV.

Não posso deixar de referir, também, que neste ano lectivo, alunos e professores vão ter melhores condições de estudo e trabalho, com a criação de uma sala de estudo/biblioteca, equipada com meios adequados, para a criação de melhores condições de estudo e, também, para uma melhor e mais diversificada ocupação dos tempos livres.

Os professores terão uma nova sala de trabalho, mais próxima dos alunos, equipada, igualmente, com os meios necessários às suas funções. Toda a escola vai estar equipada com Internet através do sistema wireless. Posso inferir que esta alterações são boas notícias para toda a comunidade escolar. No sentido de criar, desta forma, um ambiente mais favorável ao sucesso escolar.

Vai ser criada uma portaria na escola, determinante para a tranquilidade das famílias, na convicção de que os seus filhos estarão seguros e concentrados nos afazeres escolares. Alteração fundamental para a criação de um bom ambiente escolar, para que todos tenham as condições para dar o máximo rendimento possível.

A melhoria das condições de acesso á Delegação de Amares, o petrechamento das oficinas de construção civil, do mesmo pólo, bem como as novas instalações para a Delegação de Terras de Bouro vão ser uma realidade a curto prazo.

Todas estas alterações são condições sinequanone para sermos mais exigentes no sucesso escolar, estabelecendo novos padrões de qualidade para mais tarde pensarmos na excelência. Outro dos objectivos para o presente ano é a conclusão da certificação do sistema de qualidade dos serviços e acreditação do IQF.

Após estas condições é urgente e possível, para este ano lectivo, apresentar um novo projecto educativo, bem como, melhorar e adaptar às novas realidades sociais e económicas, o regulamento interno da escola, para que todos saibam qual o papel que têm que desempenhar. Deste modo, vamos implementar uma gestão de rigor e de transparência permanentes, assente numa organização responsável e autónoma, com base na confiança e nas capacidades individuais, pretendendo que todos os Discentes, Docentes e não Docentes se sintam integrados, com condições e espaço para realizar as suas funções e tarefas, pois quando se trata de educar e formar jovens para a vida social e económica não podemos facilitar, temos que ser responsáveis, empenhados e estar permanentemente atentos na procura das melhores soluções e nas suas aprendizagens.

Para isso é necessário implementar medidas imateriais de imediato, como por exemplo: recompor o Conselho Pedagógico, revitalizá-lo com a autoridade necessária para pensar a escola e tomar as decisões estratégicas na organização do ensino/aprendizagem, instalar e dotar de novos objectivos o Conselho Consultivo, órgão incontornável de credibilização da escola e de integração da mesma no meio institucional e empresarial da região.

As boas relações institucionais com a comunidade, pais e empresários é um factor decisivo para o futuro da EPATV, assim teremos que dialogar com todos, criar canais de comunicação formais e informais, como por exemplo: este boletim de notícias, que no entanto não poderá substituir outras formas de comunicação. Precisamos desenvolver uma cultura própria através de boas praticas e da nossa forma de relacionamento, para corresponder a este desiderato, será necessário desenvolver um plano de formação interna, que corresponda às necessidades imediatas dos nossos recursos humanos.

 

PS. Regressar à escola – é testar o que se aprende; frequentar cursos profissionais é obter mais conhecimentos; desenvolver novas competências é fundamental para aplicar a teoria à pratica; os resultados serão, de certeza, mais positivos. Essa é a missão da EPATV. Renovada a esperança – todos acreditamos que é sempre possível fazer mais e melhor, é este o meu projecto para a EPATV. Hoje melhor que ontem, amanhã melhor que hoje. Estou confiante que temos equipa à altura deste desafio.

 

Últimas Atualizações