PAP’s de Multimédia envolveram a comunidade PDF

PAP’s de Multimédia envolveram a comunidade

A definição dos temas das Provas de Aptidão Profissional do Curso Técnico de Multimédia tiveram, desde o início, três grandes linhas orientadoras: os projetos deviam ter maior abrangência possível de saberes e competências técnicas; sempre que possível, serem projetos interdisciplinares e, finalmente, esses produtos deveriam ter uma aplicabilidade prática futura envolvendo, para isso, a comunidade e empresas locais. Assim, pretendia-se incluir todos os agentes do processo educativo: escola, alunos, professores, empresas e associações.

Foi, pois, partindo destes pressupostos, que os alunos do Curso Técnico de Multimédia desenvolveram oito projetos: em parceria/colaboração com o Hospital de Braga, o projeto “Ritinha no Hospital”, uma animação pedagógica para preparação de cirurgias; um produto de divulgação/promoção para a empresa de Turismo Rural “Encostas da Torre”, em Terras de Bouro; um produto de divulgação/promoção para a “Casa de Bordados Sandra”, de Viana do Castelo; produção de um livro físico e outro

interativo de poesia subordinado ao tema “Amor pela família” para ser divulgado/distribuído em lares; para o Clube Náutico de Prado, um produto multimédia para promover a Canoagem como prática de vida saudável; o projeto Gerês365 como solução integradora para a autarquia de Terras de Bouro na promoção do turismo de natureza; com o Mosteiro de Santo André de Rendufe, criando um produto multimédia integrado de informação, sensibilização e divulgação deste património cultural edificado e, finalmente, a plataforma EPATV.TV como proposta integradora e sistematizada dos conteúdos audiovisuais produzidos na escola.

O desenvolvimento dos projetos foi orientado no sentido promover a capacidade criativa e a atitude critica dos alunos, bem como, desenvolver competências na área da aprendizagem colaborativa e de trabalho em equipa e, finalmente, promover a capacidade de autoaprendizagem, fundamental no processo de aprendizagem ao longo da vida.

O júri, composto pela Dra. Sandra Monteiro (diretora pedagógica), pelos docentes António Cunha (diretor de curso); Marco Alves (diretor de turma); Ricardo Cabral; Rui Silva e pelo Eng. Ismael Graça, da Casa do Conhecimento de Vila Verde, foram unânimes sublinhando a excelência da generalidade dos trabalhos apresentados.